Idosos na pandemia: como conciliar lazer com isolamento social?

 

Muitos idosos, mesmo antes da pandemia, já se sentiam um pouco isolados por morarem sozinhos, terem filhos vivendo longe, poucos afazeres, entre outros aspectos que já interferiam na qualidade de vida desse grupo. Com o vírus, a situação dos idosos na pandemia pode ter piorado para alguns.

Como eles estão no grupo de risco, os cuidados precisam ser redobrados, e evitar sair de casa é mais do que necessário. Nesse caso, de que forma lidar com o isolamento? Como evitar problemas como depressão?

Mesmo em situações assim, é possível encontrar estratégias. Veja abaixo algumas boas ideias!

Estratégias de redução do isolamento social para idosos na pandemia

Aproveite a internet

Assim como várias outras pessoas tiveram que passar mais tempo conectadas e trabalhar em casa usando a internet, isso também pode ser uma grande vantagem para os idosos.

É um ótimo momento para aprender as principais tecnologias, aprender a usar a smart TV, maratonar uma série e até mesmo aprender uma nova profissão.

Os filhos podem ajudar nisso, contratando um curso on-line para ajudar os mais velhos a usarem melhor o smartphone, a fazerem compras pela internet. Aos poucos, eles vão se ambientando e percebendo que a tecnologia é muito mais fácil de usar do que parece.

Faça exercícios

Muita gente estava acostumada às caminhadas de manhã cedo na rua ou no parque mais próximo, mas, como a regra é evitar sair, uma alternativa é fazer exercícios em casa.

Para isso, você pode contratar um personal e ele pode ir até a sua residência fazer o acompanhamento, seguindo todo os protocolos: uso de máscaras, álcool gel nas mãos sempre que entrar, um pano molhado na entrada com água sanitária e aproveitar um espaço ao ar livre como o quintal, jardim ou varanda.

Ah, sim! Manter sempre um certo distanciamento. Aliás, você pode até fazer isso em algum local na rua ou em um parque. Escolha sempre horários de menor movimento,  como à noite.

Evite ler notícias sobre a pandemia

Muitas pessoas acabam sentindo angústia e ansiedade muito maiores quando ficam todos os dias de olho nas notícias sobre a pandemia.

Número de mortos, um novo caso em que a pessoa pegou novamente a doença, isso sem falar nas fake news, que são realmente um grande problema. Por isso, é melhor se afastar dessas notícias.

Você já sabe o que precisa fazer. Vai sair? Use máscara. Lave sempre as mãos, evite aglomerações e mantenha o distanciamento.

Aprenda a fazer chamadas de vídeo

As chamadas de vídeo podem ser um alento para os avós que ficam muito tempo longe dos familiares, especialmente dos netos.

Por isso, aprender a fazer videochamadas é essencial. Mesmo à distância, os filhos e os netos podem ajudar, explicando o passo a passo pelo telefone de como fazer.

Neste momento, também é importante não retirar a autonomia do idoso, caso contrário, ele se sentirá mais fragilizado. Por isso, é fundamental explicar a ele como fazer as coisas e não fazê-las por ele. Isso não só ajuda emocionalmente, como também exercita a mente dos idosos na pandemia.

Tem mais alguma ideia que pode ajudar os mais velhos neste momento? Então, compartilhe com a gente nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *