Contas de início de ano: Confira as dicas para manter suas finanças saudáveis

Prepare-se para abrir a carteira, porque lá vem conta… e o pior é que, nesta época do ano, elas vêm no plural: 

• IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores)
• Licenciamento do veículo
• IPTU
• Despesas escolares
• Seguros
• Boletos e pendências financeiras que não foram pagas em 2021

Para dar CONTA de tanta CONTA, estruture bem o seu planejamento financeiro para não acabar com o seu orçamento já na largada de 2022. 

De acordo com o SPC Brasil, 58% dos brasileiros não se dedicam às próprias finanças. Contudo, a crise econômica provocada pela pandemia trouxe uma mudança de comportamento. De acordo com um levantamento da Associação Brasileira de Planejamento Financeiro, houve um aumento do interesse dos brasileiros por organização financeira.

Como fazer um planejamento financeiro?

1 • Organize-se

O primeiro passo para montar um planejamento financeiro pessoal é estruturar o seu controle financeiro. Se você não tem o domínio sobre suas contas, o desafio de terminar o mês no azul se torna muito maior.

Coloque na ponta do lápis todas as suas dívidas, despesas fixas e variáveis e contabilize todos os investimentos que você tem ou planeja fazer. Por exemplo: caso tenha uma compra parcelada em muitas vezes, já lance na planilha todas as parcelas nos meses subsequentes. Se pretende juntar um dinheiro todo mês, anote qual o valor que espera conseguir guardar. Isso manterá a sua motivação para concretizar essa projeção.

2 • Adote um padrão de vida adequado ao seu orçamento

Trata-se de uma matemática básica: se você estiver gastando mais do que recebe, este é um alerta vermelho para rever o seu padrão de vida. Avalie de forma crítica a sua situação e estabeleça limites para os seus gastos. A revisão de despesas ajudará a identificar quais podem ser cortadas (mesmo que temporariamente).

3 • Planeje-se para quitar

Elenque quais são as dívidas e planeje-se para quitá-las o quanto antes. Tente renegociar tudo o que for possível, consulte opções melhores de empréstimo para reduzir suas taxas e tente adiantar o máximo de parcelas que você conseguir. Fuja dos juros!

4 • Ache um jeito de economizar

Não subestime os valores pequenos, porque, aos poucos, eles formam um montante significativo. Muitos vilões do orçamento estão naqueles gastos praticamente invisíveis. Compras por impulso em aplicativos, por exemplo, podem somar uma quantia significativa no fim do mês. Taxas bancárias também são gastos que praticamente ficam esquecidas, mas que devem ser levadas em conta. Por isso, anote cada centavo que sair da sua conta.

5 • Defina suas metas

Com seu orçamento organizado, com seu padrão de vida ajustado, com suas dívidas controladas e conseguindo economizar dinheiro, você poderá pensar em metas factíveis.

Separe suas metas em planos de curto, médio e longo prazo e estabeleça tempo para concretizar cada uma delas. Além disso, determine objetivos financeiros claros, pois isso também te ajudará a manter o foco no que você deseja alcançar.

Gostou dessas dicas? Pratique e compartilhe!

Cuidar de você. Esse é o plano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *